Voltar

Pesquisas indicam que o consumidor deve gastar mais neste fim de ano em relação ao ano passado. O recebimento do 13º salário é um indicador de aumento no consumo, por exemplo. Trata-se de um dinheiro extra que pode ajudar tanto no pagamento de dívidas, quanto nas comemorações de Natal e Réveillon.

Uma pesquisa feita em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que neste ano, mais brasileiros vão se utilizar desse dinheiro extra para comprar. Na comparação com 2018, aumentou de 23% para 32% o percentual de trabalhadores que vão gastar ao menos parte do 13º salário com a compra de presentes.

O Natal é a data mais importante para o varejo, tanto em volume de vendas quanto em faturamento. Ainda de acordo com o estudo, 77% dos brasileiros devem presentear alguém no Natal deste ano. Esse número é muito parecido com o do ano passado e deve injetar cerca de 60 bilhões na economia.

O levantamento aponta ainda que, para quem vai dividir o valor da compra em parcelas, a média é de cinco prestações. Além disso, 86% dos que vão gastar no Natal pretendem pesquisar preços antes de concluir a compra. O levantamento foi feito com quase 700 pessoas das 27 capitais brasileiras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *